Reincidente: idoso admite estupro da neta e se entrega mesmo sem denúncia
FreePick/Divulgação
Reincidente: idoso admite estupro da neta e se entrega mesmo sem denúncia

Um idoso de 61 anos foi preso na segunda-feira (22) em Botucatu, no interior de São Paulo, depois de confessar que estuprou a própria neta, uma garota de apenas 13 anos. O suspeito procurou a delegacia para confessar o crime.

Segundo o Boletim de Ocorrência, o homem, que não teve sua identidade revelada, afirmou ter estuprado a neta depois que ela o procurou em sua casa para pedir dinheiro. O idoso teria levado a menina para o quarto e a violentada. O caso aconteceu no início de janeiro. O homem afirmou que após o abuso deu R$ 12 para a garota.

Por conta da confissão, a polícia abriu investigação para apurar o caso e a menina já foi encaminhado para exames a fim de constatar o suposto estupro. O Conselho Tutelar também já foi acionado e está acompanhando o caso.

Reincidente 

A delegada responsável pelo caso pediu a prisão preventiva do suspeito. A prisão foi acatada pela justiça porque o idoso já havia sido preso anteriormente por outro caso de estupro, quando cumpriu pena de sete anos após condenação. 

O que chamou a atenção dos investigadores é que ele foi condenado por estuprar a filha, que tinha 10 anos na época, e que é a mãe da neta, vítima da situação atual.

A mãe da garota morreu de Covid-19 na última segunda-feira (22). Como a menina tem menos de 14 anos, o estupro de vulnerável está caracterizado na legislação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários