Desaparecimento de Baixada Fluminense, no RJ passa de um mês sem respostas
Reprodução/ Redes Sociais
Desaparecimento de Baixada Fluminense, no RJ passa de um mês sem respostas

Contabilizando mais de um mês de buscas, uma nova pista encontrada pelas autoridades, que poderia ajudar no andamento do caso do desaparecimento dos meninos de Belford Roxo , no Rio de Janeiro , foi descartada. As informações foram apuradas pelo G1. 

Algumas roupas foram colhidas da casa de um morador que foi apontado pela família por ser o mandante do crime e uma camisa foi encontrada com sangue. Mas após a perícia, foi comprovado que o sangue encontrado na blusa não pertencia a nenhuma das crianças desaparecidas.  

A polícia resolveu testar o material genético encontrado na roupa com o DNA das mães dos meninos Alexandre da Silva, de 10 anos, Lucas Matheus, de 8 anos, e Fernando Henrique, de 11 anos. Na manhã desta quarta-feira (03), a informação foi confirmada pelo Instituto de Pesquisa e Perícias em Genética Forense (IPPGF). 

Você viu?

Da esquerda para a direita: Lucas, Alexandre e Fernando
Reprodução
Da esquerda para a direita: Lucas, Alexandre e Fernando

O resultado do exame aponta que o sangue pertence a companheira do vizinho. Ele chegou a ser levado como suspeito e foi tortura pelos traficantes e por consequência, teve que se mudar do Castelar pois estava recebendo ameaças de morte. 

No momento, a  Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense analisa a hipótese de o desaparecimento dos três meninos ter tido a participação de traficantes . Existe uma suposição de que um dos meninos acabou perdendo a vida, após um deles ter furtado a gaiola de passarinha de um familiar de um dos traficantes locais do morro Castelar. 

“É uma hipótese, mas não tem nada concreto que tenha realmente ocorrido. É uma informação que a gente recebeu e que com o passar do tempo passou a ter um peso maior sobre a possibilidade de ser o tráfico”, declarou o delegado, na véspera do dia em que o desaparecimento completou um mês. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários