Prefeito foi alvo de duras críticas por ter comparecido ao jogo entre Santos e Palmeiras
Reprodução
Prefeito foi alvo de duras críticas por ter comparecido ao jogo entre Santos e Palmeiras

Nesta segunda-feira (1°), o prefeito Bruno Covas reassume seu posto na Prefeitura de São Paulo após ficar dez dias afastado por conta de uma licença médica . A saída no último dia 18 de janeiro ocorreu por conta da realização de sessões de radioterapia para o tratamento de um câncer na cárdia, transição entre estômago e esôfago. As informações são do portal G1.

O retorno acontece após um episódio no último final de semana que gerou muita polêmica e até publicações nas redes sociais por parte do prefeito: apesar de estar afastado do cargo, e de o estado de São Paulo ter retrocedido nas medidas restritivas por conta da quarentena imposta pela pandemia da Covid-19, ele  compareceu ao Maracanã par acompanhar a final da Copa Libertadores entre o Santos, seu time de coração, e o Palmeiras.

"Respeitamos todas as normas de segurança determinadas pelas autoridades sanitárias do RJ. Mas a lacração da Internet resolveu pegar pesado. Depois de tantas incertezas sobre a vida, a felicidade de levar o filho ao estádio tomou uma proporção diferente para mim. Ir ao jogo é direito meu. É usufruir de um pequeno prazer da vida. Mas a hipocrisia generalizada que virou nossa sociedade resolveu me julgar como se eu tivesse feito algo ilegal", afirmou Covas.

"Todos dentro do estádio poderiam estar lá. Menos eu. Quando decidi ir ao jogo tinha ciência que sofreria críticas . Mas se esse é o preço a pagar para passar algumas horas inesquecíveis com meu filho, pago com a consciência tranquila", finalizou o prefeito , na publicação divulgada em sua rede oficial.

Agora, a expectativa é de que o prefeito siga com o tratamento contra o câncer enquanto retoma as atividades normais do cargo. Em boletim divulgado pelo Hospital Sírio Libanês no último dia 18, já constava a informação de que Covas deve manter o processo de imunoterapia e exames para acompanhar o desenvolvimento da doença.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários