Diarista espancada
Reprodução
Diarista espancada


diarista Denise Alves Fernanda, de 54 anos, foi morta por espancamento na cidade de Aparecida de Goiânia, em Goiás. A vítima foi alvo do próprio patrão, um homem de 45 anos, preso pela Polícia Civil na última quarta-feira (27). Denise tentou intervir nas agressões que o chefe destinava à esposa.

 Denise teve ficou internada por sete dias Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia, mas não resistiu ao traumatismo cranioencefálico causado pelos chutes e socos que recebe. A diarista veio a óbito no dia 14 de janeiro. O caso foi registrado como feminicídio .

Você viu?


O suspeito fugiu depois de cometer o assassinato e foi ser encontrado em uma empresa de reciclagem, onde estava escondido. Ele já tinha um histório de agressões antes do crime.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários