Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello,
Euzivaldo Queiroz/ Ministério da Saúde
Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello,

Nesta terça-feira (26), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello , anunciou  uma série de medidas de enfrentamento à pandemia de Covid-19 e disse que a crise que atingiu Manaus fez com que o governo trabalhasse para equalizar o oxigênio em níveis estadual e federal. 

"Estamos trabalhando em revisar todas as redes de gases dos hospitais para reduzir as perdas, são redes antigas e precisam ser trabalhadas para redução de perda. E estamos trabalhando, também, com concentradores de oxigênio individuais", disse Pazuello.

O ministro reforçou que a solução é usar o oxigênio "de forma sustentável". De acordo com ele, é necessário trabalhar com usinas geradoras individualizadas nos hospitais, concentradores do insumo, e deixar o oxigênio de grande porte, comprado normalmente da White Martins, como reserva.

Ampliação de leitos

Pazuello afirmou que 81 leitos com concentradores de oxigênio foram levados para o Hospital Nilton Martins, e 30 deles estão em funcionamento. Ele disse que a totalidade pode ser usada em pouco tempo, já que o material já está no local.

A ideia é ajustar os serviços de facilities dos hospitais com os recursos humanos disponíveis. "A sustentabilidade já está garantida, que são concentradores de oxigênio", disse o ministro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários