profissionais carregando maca para dentro de hospital com ambulância ao lado
Alex Pazuello/Fotos Públicas
O gestor disse que esta quinta é o "dia mais triste da cidade"

Os hospitais particulares de Manaus também ficarão sem oxigênio nas próximas horas, de acordo com David Almeida , prefeito da capital amazonense. O município vive um surto de casos de Covid-19 nos últimos dias e há um colapso no sistema de saúde, com pacientes sendo transferidos para outros estados. As informações são da rádio  BandNews FM .

Almeida disse, nesta quinta (14), que há estoque de oxigênio para os próximos dias para serviços do Samu, para maternidades municipais e idosos, em entrevista à rádio. O prefeito também afirmou que conversou com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e que foi definido que o oxigênio que será usado nas unidades de saúde deve chegar dos Estados Unidos .

O prefeito disse que esta quinta é o "dia mais triste da cidade".

Ao ser questionado sobre um possível lockdown, o prefeito disse que já há decretos de restrições na cidade e que as medidas tiraram pelo menos 70% da população das ruas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários