.
Reprodução: ACidade ON
Coronavac


A autorização do uso emergencial da Coronavac , vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan ainda requer mais dados, de acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O órgão disse que todos os documentos necessários ainda não foram entregues pelo instituro. Segundo a Anvisa , eles são fundamentais para análise da permissão. 

Quanto à vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca - a favorita do governo federal para a imunização -, porém, a Anvisa informou que os dados necessários da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) foram recebidos e começará a analisá-los.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários