Instalação foi feita pela Secretaria de Saúde (SES-AM) no Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio
Lucas Silva/Secom
Instalação foi feita pela Secretaria de Saúde (SES-AM) no Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio

Na tarde da última quinta-feira (31), a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas voltou a instalar câmaras frigoríficas em hospitais da capital Manaus por conta do novo aumento no número de casos da Covid-19

Segundo informações da assessoria, a estrutura temporária foi instalada no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio, localizado na zona leste da cidade. A ideia é que os contêineres frios deem suporte aos hospitais no acondicionamento de corpos de pacientes vitimados pela Covid-19 .

Além da instalação das câmaras frigoríficas , a secretaria de Saúde também vai reforçar a estrutura de atendimento no pós-óbito dos prontos-socorros da rede estadual, com a instalação de câmaras mortuárias nos necrotérios dos prontos-socorros da capital. Ainda de acordo com o texto divulgado, outras instalações semelhantes devem ser realizadas nos próximos dias.

“Estamos trabalhando na revitalização das unidades de saúde , onde nós já havíamos identificado a necessidade nessas unidades de uma estrutura permanente”, afirmou o secretário de Estado de Saúde, Marcellus Campêlo, ressaltando que as câmaras mortuárias permanentes "serão um incremento na estrutura das unidades, atendendo às necessidades dos hospitais em relação à segurança biológica no manejo pós-óbito, para além da pandemia".

De acordo com o último boletim divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), o estado do Amazonas ultrapassou a marca de 200 mil casos confirmados da Covid-19 , além de ter atingido um total de 5.285 mortes. A capital Manaus, que concentra 3.380 destes óbitos, teve recorde de internações, com 124.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários