CoronaVac deverá ser incluída no plano de imunização do Ministério da Saúde
O Antagonista
CoronaVac deverá ser incluída no plano de imunização do Ministério da Saúde

Após uma série de embates com o Governo de São Paulo, o Ministério da Saúde resolveu erguer bandeira branca e encaminhará um convite ao Instituto Butantan —fabricante da CoronaVac em parceria com o laboratório chinês Sinovac— para que compareçam ao evento de lançamento do  Plano Nacional de Imunização nesta quarta-feira (16) no Palácio do Planalto. As informações são da CNN Brasil.

O objetivo do Governo Federal seria amenizar a rixa com o estado de São Paulo e sinalizar que, quando a CoroaVac for aprovada pela Anvisa, a vacina será incluída no plano. 

Apesar do lançamento do programa, o Ministério da Saúde não vai definir ainda uma data para iniciar a vacinação - ao contrário da gestão  Doria, que prometeu iniciar a imunização com a CoronaVac no dia 25 de janeiro —  data em que a Cidade de São Paulo completa 466 anos.

Até quarta-feira (16), lançamento do programa, a Medida Provisória que irá liberar R$ 20 bilhões para a compra de vacinas provavelmente já estará publicada. Dentro da MP, o governo vai incluir também mecanismos legais para viabilizar o plano.

O plano também contar com peças publicitárias para divulgá-lo. Neste domingo (13), o Ministro da Saúde Eduardo Pazuello reuniu-se com o cantor Zezé di Camargo na residência do governador do Distrito Federal e Ibaneis Rocha (MDB), para tratar do assunto.

Em atualização, aguarde novas informações

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários