Sala de aula vaz9
O Antagonista
Apeoesp enviou ofício a Doria pedindo prioridade aos professores

O Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de SP enviou ofício ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB), pedindo que os professores sejam colocados como grupo prioritário para receber a vacina contra o novo coronavírus no estado.

"Referida solicitação decorre da necessidade de se observar a mesma sistemática adotada até 2019 para a campanha de vacinação contra a gripe (influenza), que considerava os professores de escolas públicas e privadas como grupo prioritário em razão do risco de contágio existente em sala de aula, local de aglomeração de pessoas", disse a deputada estadual Professora Bebel (PT), presidente da Apeoesp.

Ontem, o governo de São Paulo apresentou o PEI (Plano Estadual de Imunização) contra o novo coronavírus, que prevê início da vacinação em 25 de janeiro, para profissionais de saúde, indígenas, quilombolas e pessoas com mais de 60 anos. 

Ainda no ofício, Bebel lembrou que no fim de novembro, quando todo o estado foi colocado na fase amarela do Plano São Paulo, Doria manteve as regras vigentes para as escolas, mantendo-as abertas com capacidade reduzida. "

"Se o governador quer tanto o retorno às aulas presenciais, por que não incluir os professores na primeira leva de vacinados?", questionou a deputada.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários