Operação mira policiais civis suspeitos de extorsão no Rio de Janeiro
Reprodução/ Polícia Civil Campo Grande
Operação mira policiais civis suspeitos de extorsão no Rio de Janeiro

Uma operação realizada nesta quinta-feira mira a prisão de policiais civis do Rio de Janeiro suspeitos de extorsão. A força-tarefa realizada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e a corregedoria da corporação pretende cumprir seis mandados de prisão, cinco deles contra agentes em atividade.

De acordo com o " G1", um dos presos foi identificado como o policial civil Vinícius Lando Forni, conhecido como "Gaúcho''.

As investigações do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco/MPRJ), apontam que os crimes foram cometidos entre os anos de 2015 e 2017.

Os policiais suspeitos trabalhavam na 28ª DP (Campinho), na Zona Norte no Rio, e cobravam propinas de proprietários de veículos envolvidos com algum tipo de irregularidade.

De acordo com o MPRJ, além de Forni, são alvos da operação Rogério Teixeira de Aguiar, Joel Tonassi de Oliveira, Vladimir Machado, Leonardo Alexandre Silvano de Andrade e Carlos Augustus Lima da Cruz Junior. Apenas Carlos não é policial civil.

A operação é resultado da colaboração premiada realizada em 2017 por um informante da polícia que participava do grupo criminoso. Em julho do mesmo ano, ele foi vítima de homicídio. As circustâncias do crime ainda não foram esclarecidas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários