falésia
Reprodução/BandNewsFM
As vítimas foram soterradas após o deslizamento

O Ministério Público Federal do Rio Grande do Norte (MPF-RN) iniciou o inquérito civil público para apurar as responsabilidades sobre o  acidente que matou, na manhã desta terça-feira (17), uma família na praia de Pipa , no Rio Grande do Norte . As informações são do Brasil 247 .

Um casal e um bebê de apenas sete meses  passeavam pelas falésias da praia quando uma parte delas caiu e soterrou as vítimas. Elas foram sepultadas nesta quarta-feira (18).

De acordo com o portal, o MPF-RN pediu à Prefeitura de  Tibau do Sul que realize um mapeamento das áreas de falésia e como está a situação de cada ponto. O órgão também solicitou mais proteção nessas regiões da praia de Pipa, tanto para o meio ambiente quanto para os cidadãos que frequentam o local.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários