Agência Brasil

.
Tomaz Silva / Agência Brasil
A decisão de permitir a permanência na praia, o aluguel de cadeiras e guarda-sóis e a venda de bebidas alcoólicas pelos ambulantes foi tomada na última terça-feira


A cidade do Rio de Janeiro teve, neste sábado (7), o primeiro final de semana com permanência liberada na areia das praias da cidade durante a pandemia . A Agência Brasil percorreu as orlas de Copacabana e Ipanema no início da tarde, das 13h30 às 15h, e verificou que algumas pessoas foram às praias, mas as areias não ficaram lotadas, provavelmente por causa do tempo nublado.


A reportagem também percebeu que a maioria dos banhistas não usava máscara . A decisão de permitir a permanência na praia, o aluguel de cadeiras e guarda-sóis e a venda de bebidas alcoólicas pelos ambulantes foi tomada na última terça-feira (3) pela prefeitura.

A permanência de banhistas na areia das praias da cidade estava proibida desde 13 de março , quando o governo fluminense publicou um decreto impondo isolamento social, devido à pandemia de covid-19.

Aos poucos, o acesso foi sendo liberado . Primeiro, a prefeitura liberou a prática de esportes individuais na água e as caminhadas no calçadão, no dia 2 de junho. No dia 17 de julho, foram liberadas as práticas esportivas na areia da praia. Em seguida, no dia 1o de agosto, o banho de mar foi permitido, mas sem poder permanecer na areia.

As autoridades municipais do Rio de Janeiro consideraram que houve queda nos casos da doença, no número de mortes e na demanda por leitos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários