Bolsonaro mostrando caixa de cloroquina
Reprodução/TV Brasil
Bolsonaro mostrando caixa de cloroquina

Desde o início da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), o Ministério da Saúde distribuiu mais de 6 milhões de caixas de cloroquina e hidroxicloroquina pelo Brasil. As informações foram dadas pela CNN Brasil .

Conforme divulgado pela pasta nesta quinta-feira (29), foram distribuídas pelos estados e municípios brasileiros 5,8 milhões de caixas de cloroquina e 289 mil de hidroxicloroquina .

Diversas pesquisas internacionais indicam que esses medicamentos não funcionam no tratamento ou na prevenção do novo coronavírus.

No último dia 16, a Organização Mundial da Saúde (OMS) publicou resultados preliminares de um estudo conduzido em 405 hospitais em 30 países diferentes.

O trabalho afirma que os remédios remdesivir e cloroquina/hidroxicloroquina não são eficazes para o tratamento da Covid-19.

"Os resultados preliminares do Solidarity Therapeutics Trial, coordenado pela OMS, indicam que o remdesivir, que a hidroxicloroquina, a combinação lopinavir/ritonavir e os tratamentos à base de interferon parecem ter um pequeno ou inexistente efeito sobre a mortalidade em 28 dias ou no percurso hospitalar da covid-19 entre os pacientes recuperados", diz o documento.

    Veja Também

      Mostrar mais