Em entrevista, Mandetta mandou recado ao seu substituto na pasta da Saúde
Anderson Riedel/PR
Em entrevista, Mandetta mandou recado ao seu substituto na pasta da Saúde

Ex-ministro da Saúde,  Luiz Henrique Mandetta segue sendo assunto dentro do governo Bolsonaro. Alvo de pressões e críticas quando era o titular da pasta, ele foi usado como exemplo negativo pelo presidente no episódio da compra de vacinas da China, em que desautorizou o atual ministro, General Eduardo Pazuello, e cancelou o acordo.

Em entrevista ao blog da jornalista Bela Megale, Mandetta mandou recado ao seu substituto, afirmando que ele deve “ouvir sua consciência” e não se deixar levar por uma "liderança tóxica": "De um lado a morte e a doença. Do outro, o vírus. O ministro deve escolher o lado certo do que é o melhor para o Brasil".

A fala ocorre após críticas do presidente a Pazuello . Na visão de Bolsonaro , o ministro está  "querendo aparecer demais", está "gostando dos holofotes" e entrando em um "jogo político que só interessa ao Doria", conforme divulgou a coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários