mg
Reprodução/Google Maps
Rompimento de caldeira aconteceu em Minas Gerais



Morreu, na noite de quarta-feira 21, Edilson da Silva, 47, que teve 90% do corpo queimado após ser atingido em uma explosão na siderúrgica Fergusete, em Sete Lagoas, na Região Central de Minas Gerais . O caso ocorreu noite do dia anterior.


Segundo a siderúrgica, uma chapa - que sustentava a parede de um alto-forno, equipamento usado para derreter minério - teria se rompido e, permitindo que minério e carvão transbordassem e atingissem Edilson e outro funcionário, Fabiano Alves dos Santos Pereira, 36, que já recebeu alta do hospital.

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semad) enviou fiscais, acompanhados de policiais militares, para avaliação dos danos causados pela explosão. A perícia da Polícia Civil também esteve no local, que passa por manutenção.

A siderúrgica Fergusete abriu uma sindicância para apurar o que aconteceu e informou que está prestando assistência às famílias das vítimas .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários