Poroca
Reprodução / Agência O Globo
Poroca se define como o “candidato solteiro”

O nove atravessou o caminho do candidato a prefeito de Japeri Manoel Valdivino Ferreira Filho. Presidente municipal do PTB, Poroca, como é conhecido, vai concorrer pela nona vez em uma eleição — ainda não ganhou nenhuma — e escalou nove aliados para disputar uma cadeira na Câmara Municipal. Todos foram batizados com seu sobrenome político, e não foi por acaso. Para o candidato, trata-se de uma estratégia eleitoral: mesmo que abandonem sua campanha e sigam com candidatos de outros partidos, todos terão de levar o nome “Poroca” para as ruas e para as urnas, fazendo com que o eleitor lembre seu nome.

Mas não só de propagar o nome Poroca vive a campanha de Manoel Valdivino, de 47 anos. O petebista se define como o “candidato solteiro” e, em paralelo à corrida eleitoral pela prefeitura, o petebista procura uma mulher para relacionamento sério e futuro, a quem pretende oferecer seu sobrenome. Em seu material de campanha, Poroca trabalha o slogan “Procura-se primeira-dama disposta a se doar para inúmeros programas sociais a favor do povo”.

"Estou em busca de uma primeira-dama , quero casar e ter filhos, uns quatro", diz.

Família política Poroca já tem. São oito afilhados políticos adotivos e um filho legítimo, Armando, todos concorrendo à Câmara. Se eleita toda a família, o petebista controlaria quase 100% da Casa, que tem 11 cadeiras.

"Ao todos são 17 aliados que vão concorrer a vereador, mas oito não quiseram levar meu nome", conta.

Empresário, ex-dono de ferro-velho, o petebista diz que seu apelido tem origem indígena. Suas raízes estariam numa tribo. Poroca, para os índios, significa “esvaziar” ou “tirar o que está dentro”.

Com um jingle gospel — outra estratégia, já que 55% da população de Japeri é evangélica — Poroca tem como principais plataformas políticas a construção de um hospital, uma maternidade, e, seu grande sonho, um shopping.

"Chegou a hora de deixar de ser lembrado como o pior IDH da Baixada. Precisamos é de uma Casas Bahia, um Ponto Frio", defende.

    Veja Também

      Mostrar mais