Prefeito de São Paulo, Bruno Covas assinou protocolos para reaberturas na fase verde do Plano São Paulo
Reprodução
Prefeito de São Paulo, Bruno Covas assinou protocolos para reaberturas na fase verde do Plano São Paulo

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), assinou na tarde desta quinta-feira (24) os protocolos sanitários que deverão ser seguidos pelos equipamentos culturais na capital paulista. O documento prepara a cidade para a fase verde do Plano São Paulo , que possibilita a abertura de áreas de cinema, teatro e espetáculos; eventos, bibliotecas; museus e galerias; e equipamentos multiculturais.

A autorização de reabertura dos setores deve ocorrer no dia 9 de outubro, data da próxima reclassificação do Estado. No dia 19 de setembro, porém, muitas instituições culturais já recebiam um documento com normas e exigências para uma eventual reabertura, numa sugestão de que deveriam se preparar.

Participaram da cerimônia os secretários de Governo, Rubens Rizek, Casa Civil, Orlando Faria, Cultura, Hugo Possolo, Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso, e Saúde, Edson Aparecido. Após as assinaturas, os presentes se uniram para uma foto em grupo que marca o momento como primeiro passa para reabertura do setor.

De acordo com Covas, o plano de reabertura é possível após uma queda gradativa de vítimas da pandemia. "A cidade atravassou e está atravessando esta pandemia com números bem melhores do que outras cidades do mesmo porte, como por exemplo Nova York, que tem o dobro no número de mortes. Parte desse sucesso se deve á população, que entendeu o recado, permaneceu dentro de casa e mudou seus costumes", avaliou o prefeito.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários