Bruno Covas
Reprodução
Prefeito de São Paulo, Bruno Covas assinou protocolos para reaberturas na fase verde do Plano São Paulo

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), assinou na tarde desta quinta-feira (24) os protocolos sanitários que deverão ser seguidos pelos equipamentos culturais na capital paulista. O documento prepara a cidade para a fase verde do Plano São Paulo , que possibilita a abertura de áreas de cinema, teatro e espetáculos; eventos, bibliotecas; museus e galerias; e equipamentos multiculturais.

A autorização de reabertura dos setores deve ocorrer no dia 9 de outubro, data da próxima reclassificação do Estado. No dia 19 de setembro, porém, muitas instituições culturais já recebiam um documento com normas e exigências para uma eventual reabertura, numa sugestão de que deveriam se preparar.

Participaram da cerimônia os secretários de Governo, Rubens Rizek, Casa Civil, Orlando Faria, Cultura, Hugo Possolo, Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso, e Saúde, Edson Aparecido. Após as assinaturas, os presentes se uniram para uma foto em grupo que marca o momento como primeiro passa para reabertura do setor.

De acordo com Covas, o plano de reabertura é possível após uma queda gradativa de vítimas da pandemia. "A cidade atravassou e está atravessando esta pandemia com números bem melhores do que outras cidades do mesmo porte, como por exemplo Nova York, que tem o dobro no número de mortes. Parte desse sucesso se deve á população, que entendeu o recado, permaneceu dentro de casa e mudou seus costumes", avaliou o prefeito.

    Veja Também

      Mostrar mais