As queimadas já consumiram pelo menos 15% do Pantanal
Reprodução/AMPARA Silvestre
As queimadas já consumiram pelo menos 15% do Pantanal

A Delegacia de Meio Ambiente (Dema) segue as investigações para descobrir os possíveis responsáveis pelos focos de incêndio que deram início a grandes queimadas no Pantanal mato-grossense .

A Polícia Civil apura a responsabilidade dos cinco incêndios periciados. Sesc Pantanal, na Reserva Particular do Patrimônio Natural Sesc Pantanal; Fazenda Espírito Santo (Pantanal); Rodovia Transpantaneira; Região do Moitão; e Fazenda São José.

As perícias feitas pelo Centro Integrado Multiagências de Coordenação Operacional apontam em seus resultados ação humana como causa da origem das queimadas na região.

Dentro da normalidade, um inquérito leva 30 dias para sua conclusão, porém, em razão da complexidade do fato, já está sendo previto um aumento no prazo para que sejam feitos os procedimentos necessários.

Vale ressaltar que a pena para os responsáveis pode variar de prisão de 2 a 4 anos e aplicação de multas, cujos valores podem variar de R$ 1 mil a R$ 7,5 mil por hectare, chegando a R$ 50 milhões, além de medidas administrativas.

Até o último levantamento foi comprovado que o incêndio já atingiu 2,3 milhões de hectares do bioma , segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O número representa mais de 15% de toda a extensão do Pantanal.

A área queimada corresponde a três vezes a região metropolitana de São Paulo .

    Veja Também

      Mostrar mais