João Doria
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
Governador anuncia inserção de todo o estado na fase amarela

O estado de São Paulo está, pela primeira vez e completamente, inserido na fase amarela do Plano Sâo Paulo - documento que determina o ritmo de reabertura de atividades durante a pandemia da Covid-19. O anúncio foi feito após a evolução das regiões de Franca e Ribeirão Preto, únicas que ainda estavam na fase anterior. 

De acordo com a secretaria de saúde do estado, dados como queda progressiva no número de óbitos e casos e aumento no número de leitos disponíveis em todas as regiões motivaram o aumento das flexibilizações. “No estado de São Paulo como um todo, a pandemia regride de maneira sólida e, agora, todas as regiões estão na fase amarela”, afirmou o Governador. 

Apesar disso, o secretária Gean Gorinchteyn reforçou, durante a coletiva de imprensa, a importante de manter os protocolos sanitários e cuidados individuais. 

A fase amarela permite a reabertura de atividades como shopping center, comércio, bares, restaurantes, salões de beleza, barbearias e academias. Todos com capacidade reduzida e horário de funcionamento limitado, além de protocolos de higiene específicos para cada serviço. 

Mudanças na classificação

Além da notícia sobre a nova fase do estado, o governador João Doria ainda anunciou uma mudança no próprio Plano São Paulo, que agora passa a ter atualizações mensais e não mais quinzenais. De acordo com o governador, o objetivo é garantir a segurança na progressão de fases.

Apesar da alteração no período de medição do Plano São Paulo, o Governo do Estado poderá decretar regressão para a fase vermelha de qualquer região, a qualquer momento, em caso de piora significativa das taxas de contaminação por coronavírus ou redução acentuada da capacidade hospitalar.

“Não haverá retorno para a fase laranja, o que aumenta a responsabilidade de Prefeitos, Secretários municipais de saúde e da própria população. Afinal, a população precisa se resguardar e se proteger, obrigatoriamente usar máscara ao sair de casa, seguir o distanciamento social de 1,5 metro, lavar as mãos e usar álcool em gel”, destacou o Governador.

    Veja Também

      Mostrar mais