Secretária de Desenvolvimento Econômico%2C Patrícia Ellen listou programas lançados pelo governo de SP para combater desemprego entre mulheres
Divulgação/Governo de São Paulo
Secretária Patrícia Ellen disse que possibilidade Campinas avançar no Plano SP é grande.

Nesta segunda-feira (31), foi realizada mais uma coletiva de imprensa do governo do estado para falar sobre o combate à  Covid-19  (Sars-coV-2). Participaram o governador  João Doria  (PSDB), Patricia Hellen (secretária de Desenvolvimento Econômico), Jean Gorinchteyn (secretário Estadual da Saúde) e mais membros da equipe de contingênciamento do novo coronavírus .

Entre as novidades, o governo anunciou que abrirá 20 mil vagas em cursos de Tecnologia da Informação, exclusivamente para mulheres. "São quatro opções gratuitas de cursos com duração de 80 horas. As aulas começarão no próximo dia 14 de setembro e poderão ser feitas remotamente, da própria casa da mulher que se inscrever”, destacou o governador.

A iniciativa é da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que viabilizou os cursos por meio do programa SP Tech, com o objetivo de criar oportunidades para que mais mulheres tenham formação na área de TI. Um levantamento realizado pela pasta aponta que a procura pelos cursos de tecnologia do SP Tech é baixa entre mulheres. De 30 mil inscritos desde o ano passado, apenas 1/3 é do sexo feminino.

"79% das mulheres que ingressam nessa área acabam abandonando o curso superior. De todas os trabalhores da área de TI no Brasil, apenas 17% são mulheres atualmente. Aqui está um grande desafio, uma grande meta para que possamos alcançar", declarou Patricia Ellen.

Para participar dos cursos, as interessadas devem realizar as inscrições no site . Podem se inscrever candidatas a partir de 16 anos, alfabetizadas e domiciliadas no estado de São Paulo. Caso o número de inscritas seja superior ao número de vagas, serão priorizadas as pessoas desempregadas, com baixa renda e com deficiência.

São quatro opções de cursos introdutórios, oferecidos na plataforma da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp). Com duração de 80 horas, que podem ser concluídos em três meses, os cursos são: Lógica de Programação, Banco de Dados, Desenvolvedor Web e Desenvolvedor Mobile.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários