Equipamentos hospitalares
Agência Brasil
Ocupação de leitos em São Paulo fechou abaixo de 55% pela primeira vez


Em coletiva realizada hoje (28) no Palácio dos Bandeirantes, o governador de São Paulo , João Doria (PSDB), e o secretário estadual de saúde, Jean Gorinchteyn, afirmaram que o número de internações caíram pela 4ª semana no estado. Segundo Doria, São Paulo superou o pior momento da pandemia .


Segundo Doria, em relação ao período de quinta a domingo da última semana, houve redução de 9% em internações e óbitos por Covid-19 em São Paulo. O número de óbitos está caminhando para sua 3ª semana consecutiva em queda.

Pela primeira vez desde a confirmação do primeiro caso no país, que aconteceu em 26 de fevereiro no estado, o índice de ocupação de leitos de UTI fechou abaixo de 55% no Estado e na Grande São Paulo.

De acordo com os dados apresentados pelo secretário de saúde, o estado fechou com ocupação de leitos em 54,3% enquanto a região metropolitana de São Paulo teve ocupação de 51,9%.

Segundo Doria, em relação ao período de quinta a domingo da última semana, houve redução de 9% em internações e óbitos por Covid-19 em São Paulo. O número de óbitos está caminhando para sua 3ª semana consecutiva em queda.

Gorinchteyn afirmou que os níveis de óbitos por Covid-19 no estado atingiu níveis similares ao da 22ª semana epidemiológica do estado de São Paulo. 

Comparado com a última semana, o número de casos no estado teve queda de 5%, internações de 15% e óbitos 11%. Na Grande São Paulo, a queda de casos foi de 2%, de internações 11% e de óbitos 6%.

O número de casos também apresentou queda, o que, segundo o governador, é o caminho para São Paulo sair do platô e se encaminhar para queda. “Isso não deve inibir precaução, zelo, cuidado e atenção no combate à pandemia ”, reforçou Doria. “Nenhum relaxamento deve ser adotado pelos bons resultado conquistados até aqui.”

    Veja Também

      Mostrar mais