Segundo o diretor-geral da OMS%2C países precisam conseguir fazer testes para rastrear Covid-19 antes de pensar em relaxar isolamento
Reprodução/Twitter
Segundo o diretor-geral da OMS, países precisam conseguir fazer testes para rastrear Covid-19 antes de pensar em relaxar isolamento

O consórcio mundial criado pela Organização Mundial da Saúde para garantir a vacinação da Covid-19 negocia levar o imunizante aos países por um preço médio de US$ 10 por dose, cerca de R$ 55 de acordo com o câmbio atual.

O valor é bem mais baixo do que as farmacêuticas anunciaram nos últimos meses. A estimativa é de que a imunização exija duas doses da vacina .

Cerca de 90 países mais pobres do mundo receberiam gratuitamente o produto. Mas o Brasil não faz parte desse pacote, já que é considerado como uma economia de renda média. Assim, o governo terá de pagar para ter acesso.

Depois de um período de hesitação, o Brasil já indicou que está disposto a fazer parte da aliança. Mas, neste momento, negocia os termos de seu compromisso, que precisa estar fechado até dia 31 de agosto.

A vantagem da aliança é a capacidade de negociar um desconto importante com empresas. No caso do Brasil, se o governo optar por imunizar apenas a população de risco inicialmente, isso envolveria cerca de 40 milhões de pessoas. Um total, portanto, de US$ 800 milhões, na moeda nacional R$ 4,4 bilhões. Esta matéria contém informações de Jamil Chade .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários