Allan dos Santos
Reprodução/Youtube
Allan dos Santos disse durante uma transmissão ao vivo que teria deixado o Brasil

O blogueiro bolsonarista dono do site Terça Livre, Allan dos Santos , afirmou na madrugada desta sexta-feira (31) que deixou o Brasil. O comunicado foi feito em uma transmissão ao vivo, após investigações sobre ele no inquérito das fake news.

Sem apresentar provas, Allan dos Santos acusou e prevaricação o ministro Luís Roberto Barroso , do Supremo Tribunal Federal (STF). O blogueiro alega que Moraes conhece e não denuncia um suposto crime que teria como alvo o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Allan afirma que um servidor do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) teria contratado uma empresa de varredura para identificar grampos telefônicos.

“O que acontece? Ele desconfia do presidente Bolsonaro e faz uma varredura para investigar ilegalmente o presidente da República. E quem fez isso eu não sei se o Alexandre de Moraes ou o Barroso ”, disse Allan, que acredita que existem maletas de escuta telefônica nas embaixadas da Coreia do Norte e da China.

As informações só foram reveladas, segundo ele, porque ele não se encontra mais no país.  “Se eu estivesse, eu estaria com medo de morrer, essa é a verdade. Estamos lidando com criminosos. Eu estou acusando, aqui agora, o Luis Roberto Barroso de prevaricação, ele prevaricou. Ele tem uma informação de que escuta telefônica, vindo de duas embaixadas, isso é contra qualquer Lei de Segurança Nacional, e ele não avisou o presidente da República”, afirmou.

    Veja Também

      Mostrar mais