Pedro Ícaro de Medeiros
Reprodução / Fantástico
Pedro Ícaro de Medeiros, conhecido como "Ikky" é acusado de crimes sexuais contra jovens em Fortaleza

O Ministério Público do Ceará (MPCE) denunciou à Justiça o " guru espiritual " Pedro Ícaro de Medeiros, sob a suspeita de praticar uma série de crimes sexuais , físicos e psicológicos durante reuniões de uma seita espiritual em Fortaleza, no Ceará.

O suspeito foi indiciado na sexta-feira (24), mas o juíz responsável pelo caso recusou o pedido de prisão preventiva do criador da Comunidade Afago . Até o momento, Ícaro de Medeiros nega as acusações.

" Ikky ", como é conhecido, foi acusado pelo MPCE de violação sexual mediante fraude, para controlar o comportamento social ou sexual da vítima, além de charlatanismo e curandeirismo. A acusação foi feita após um inquérito policial do 26º DP (Edson Queiroz) da Polícia Civil do Ceará (PCCE).

Denúncias

O criador da Comunidade Afago é acusado por jovens de aproximadamente 20 anos de abuso sexual , físico e psicológico entre os anos de 2018 e 2019.

Ao G1 Fortaleza, a defesa de "Ikky" afirmou que ainda não teve acesso ao processo. "Pelo que a gente sabe, a denúncia foi feita em relação a charlatanismo, curandeirismo e a fraude sexual . O que corrobora com a nossa tese de que não tinha tido estupro e estelionato", afirmou Klaus Borges, representante do suspeito.

“Não só pra mim, mas para uma roda de pessoas, ele dizia muitas vezes que o p... (órgão sexual) dele era mágico”, disse uma vítima do sexo masculino. Outra vítima, também do sexo masculino, disse que Ikky o obrigou a fazer sexo .

“Eu estava chorando, sangrando e eu esperava dele um pouco de humanidade. O que ele fez foi tirar minha blusa e colocar minha blusa na minha boca para que parasse de chorar e ele pudesse continuar”.

Uma mulher disse que vivenciou cenas que também a violentaram.  “Eu entrei na Afago já num momento frágil psicologicamente. E fui ficando cada vez mais frágil e culminou numa crise de depressão muito intensa”.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários