Alexandre de Moraes
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Alexandre de Moraes determinou a suspenção de algumas contas no Twitter

Por ordem do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, contas de diversos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foram suspensas do Twitter nesta sexta-feira (24). Entre as contas bloqueadas estão a do empresário Luciano Hang (Dono da Havan), da ativista Sara Winter e do blogueiro Allan dos Santos, do Terça Livre.

Em maio,  vários bolsonaristas foram alvo de busca e apreensão autorizadas pelo ministro, por conta das investigações do inquérito das fake news, que apura a disseminação de notícias falsas e ataques aos ministros do STF. À época, Moraes determinou o bloqueio das contas dos investigados, mas a suspensão só foi concretizada nesta sexta (24).

Em nota, o Twitter disse que "agiu estritamente em cumprimento a uma ordem legal proveniente de inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF)".

Twitter bloqueado Luciano
Reprodução
Assim como de Luciano Wang, as outras contas também exibem a mesma mensagem

Agora, a defesa dos acusados pode recorrer da decisão de Moraes e entrar com recurso para reaver suas contas. Vale lembrar, as contas foram suspensas apenas no Twitter Brasil. Quem usa VPN ou acessa a rede social por outro país consegue ver os perfis normalmente.

A seguir, você confere todas as contas que foram bloqueadas pela decisão:

Allan Lopes dos Santos, Bernardo Pires Kuster, Edson Pires Salomão, Eduardo Fabris Portella, Enzo Leonardo Suzi Momenti, Marcelo Stachin, Marcos Dominguez Bellizia, Rafael Moreno, Paulo Gonçalves Bezerra, Rodrigo Barbosa Ribeiro, Sara Fernanda Giromini, Edgard Gomes Corona, Luciano Hang, Otavio Oscar Fakhoury, Reynaldo Bianchi Junior e Winston Rodrigues Lima.

    Veja Também

      Mostrar mais