Pedestres circulando pela Av. Paulista em meio à pandemia de Covid-19
Roberto Casimiro/Fotoarena/Agência O Globo
Pedestres circulando pela Av. Paulista em meio à pandemia de Covid-19

Um estudo mostra que o novo coronavírus (Sars-CoV-2), vírus causador da Covid-19 , entrou no Brasil de pelo menos 100 formas diferentes. De acordo com a pesquisa, que foi publicada na revista Science , o sequenciamento de 427 genomas em 21 estados mostra que a maioria deles veio da Europa.

A maior parte dessas introduções foi identificada nas capitais com maior incidência de voos internacionais, como São Paulo, Minas Gerais, Ceará e Rio de Janeiro. Apenas uma pequena parcela dessas introduções, no entanto, resultou nas linhagens que se dispersaram por transmissão comunitária no País.

Ainda segundo esse estudo revela, 76% dos vírus detectados até o final de abril se dividem em três grandes grupos que foram introduzidos entre o final de fevereiro e o início de março. Eles se espalharam rapidamente antes que as medidas de controle de mobilidade fossem iniciadas.

As amostras para as análises foram colhidas de pacientes que testaram positivo para o novo coronavírus entre os meses de março e abril em 85 municípios, fazendo a pesquisa se tornar o maior estudo de vigilância genômica da Covid-19 na América Latina.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários