Carlos Bolsonaro
Reprodução
Última tentativa de Carlos para emplacar um projeto de lei foi em setembro de 2019.

Pela primeira vez em 2020, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos) aprovou uma lei na Câmara Municipal do Rio de Janeiro. O filho do presidente entrou como coautor em um projeto de lei elaborado pela colega de partido, Tânia Bastos. A aprovação foi confirmada na última segunda-feira (20). Informação foi dada pelo colunista Chico Alves, do UOL .

A regulamentação que foi aprovada faz com que pessoas com deficiência sejam obrigadas a receber identificação diferenciada ao serem atendidas em unidades de saúde municipais e privadas durante a pandemia de Covid-19.

Antes deste projeto, Carlos só havia colocado sua assinatura em um Projeto de Decreto Legislativo, que é um texto protocolar ratificado por todos os vereadores e que permitia a destinação de dinheiro economizado pela Casa ao combate à pandemia.

Antes disso, a última tentativa de Carlos para emplacar um projeto de lei aconteceu em setembro de 2019. Na ocasião, o vereador propôs que o Rio de Janeiro aderisse à Política Nacional de Alfabetização.

    Veja Também

      Mostrar mais