Caso aconteceu em um motel de Goiânia.
Reprodução
Caso aconteceu em um motel de Goiânia.

Um homem de 39 anos não identificado foi preso na última terça-feira (14) após agredir uma transsexual durante um programa em um motel de Goiânia. As agressões teriam acontecido depois que ela recusou realizar um fetiche do homem.

Depois da recusa, o homem, que é médico, a ela parou o atendimento, o que revoltou o homem, que deu um soco na mulher e quebrou seu nariz. Ele também provocou outros ferimentos no rosto.

Segundo a polícia, depois de ser agredida, a vítima conseguiu sair do quarto e correr seminua até a portaria do local para pedir socorro. EM seu depoimento, a mulher disse que foi empurrada pelo homem, que também quebrou a televisão e a porta da suíte.

Em um vídeo divulgado nas redes sociais, o homem aparece tentando chutar a vítima e é contido por um oficial da polícia. Ele foi preso e a Justiça determinou que deverá ficar detido até que o caso seja avaliado.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários