Ministério das Relações Exteriores
Agência Brasil
Ministério das Relações Exteriores

A Fundação Alexandre de Gusmão (FUNAG), entidade vinculada ao Itamaraty, do governo federal, vai realizar, no dia 28 de julho, uma conferência virtual com o antropólogo e autor Flávio Gordon, que é defensor assíduo de Jair Bolsonaro (sem partido), além de ser adepto de algumas teorias da conspiração, como o Globalismo.

Em suas redes sociais, o antropólogo frequentemente compartilha críticas à China e ao comunismo. "China escondeu a pandemia. Ninguém vai cobrar nada da @EmbaixadaChina e daquele embaixador petulante agora? Onde estão os jornalistas pusilânimes que se apressaram em defender o regime comunista chinês há algumas semanas?", disse Gordon em uma de suas publicações no Twitter.

Flávio Gordon também é alinhado com as ideias de Olavo de Carvalho, guru do bolsonarismo. A Funag, que é voltada para a difusão de temas da agenda da política externa brasileira, vem sendo usada para divulgar autores e obras alinhadas com o bolsonarismo e o olavismo.

O antropólogo já se envolveu em polêmicas com o ministro Gilmar Mendes, quando disse: "Por favor, só me avisem quando o Gilmar Mendes for preso", escreveu em seu perfil no Twitter, que tem mais de 100 mil seguidores.

    Veja Também

      Mostrar mais