ACM
VALTER PONTES
ACM Neto, prefeito de Salvador

O carnaval de 2021 poderá ser adiado em Salvador (BA) se não houver uma vacina contra o novo coronavírus (Sars-CoV-2) até novembro deste ano, segundo o prefeito do município, ACM Neto.

“Se não houver vacina ou clareza em relação à imunidade coletiva até o mês de novembro, então pode ser que a prefeitura não tenha elementos de segurança para manter o carnaval”, disse o prefeito em entrevista coletiva. 

"Se não houver uma vacina ou se não houver uma clareza em relação à imunidade coletiva até o mês de novembro, então pode ser que a prefeitura não tenha elementos de segurança para manter o carnaval", disse ACM Neto. “Ninguém pode autorizar que a festa aconteça. Eu não autorizaria”.

O plano de ACM Neto é que o carnaval de 2021 seja adiado para o final de maio ou o começo de junho, para não causar conflitos com a época de festa junina. “O carnaval só deverá ocorrer se puder acontecer em ambiente de total e completa segurança”, diz.

    Veja Também

      Mostrar mais