italo
Acervo familiar / Reprodução
Segundo testemunhas, Ítalo estava brincando na porta de casa

O enterro do menino Ítalo Augusto de Castro Amorim foi marcado por muita dor e homenagens, na manhã desta quinta-feira (2), no cemitério de Vila Rosali, em São João do Meriti , na Baixada Fluminense.

Familiares e amigos do menino vestiram camisetas com fotos e a frase "saudade eterna" em memória da criança, que morreu na noite de terça-feira (30), após ser atingido na cabeça quando brincava no portão de casa, no bairro Vila Norma. Ele foi socorrido para a UPA de Éden, mas, segundo a prefeitura, já chegou morto à unidade, por volta das 20h30.

"Estamos arrasados. Mas vamos seguir em frente. Ele foi para o céu, agora virou um anjinho. A mãe está desolada, a família está assim. Muito triste perder uma criança. Não temos condições de falar", disse uma das primas de Ítalo, Larissa, por telefone.

    Veja Também

      Mostrar mais