Levantamento mediu os índices de transparência de gastos com a pandemia; São Paulo mostrou a melhor pontuação
Agência Brasil
Levantamento mediu os índices de transparência de gastos com a pandemia; São Paulo mostrou a melhor pontuação

A ONG Transparência Internacional divulgou, nesta segunda-feira (29), os índices que demonstram a transparência de gastos com a pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2). São Paulo obteve a maior pontuação, 84,8, uma considerável melhora em relação ao levantamento do dia 21 de maio, quando registrou 57 pontos. Das 27 unidades federativas, as piores notas ficaram com os estados de Roraima e Bahia.

A pesquisa da ONG Transparência Internacional avalia se as informações de gastos emergenciais com a pandemia estão nos portais oficiais dos governos e se são de fácil acesso para a população.

O coordenador da pesquisa, Guilherme France, contou que muitos gestores procuraram a ONG entre o primeiro e segundo ranking para saber como poderiam melhorar a transparência em relação aos gastos na pandemia. Guilherme destacou que a falta de um portal único com todas as informações ainda é o principal problema na maioria dos locais.

O Vice-Governador do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, disse que a alta foi possibilitada por esforços da gestão na adequação e implementação das novas recomendações dos órgãos reguladores.

"No caso do enfrentamento à COVID-19, o estado trabalhou com a urgência exigida para a implantação das medidas, ao mesmo tempo que construiu um sistema de informações que atendesse às demandas da sociedade”, destacou.

    Veja Também

      Mostrar mais