Agentes fazendo a desinfecção de Unidades Básicas de Saúde em Sorocaba
Divulgação/Prefeitura de Sorocaba
Agentes fazendo a desinfecção de Unidades Básicas de Saúde em Sorocaba

A prefeitura de Sorocaba começou a transferir pacientes com Covid-19 para a capital após atingir 100% da ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) em meio à pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2). Até agora pelo menos cinco deles foram transferidos para evitar que eles não precisassem esperar muito tempo para receber atendimento.

De acordo com a secretaria municipal da Saúde, a fila de espera é formada quando os leitos de UTI estão lotados e o doente aguarda vaga pelo sistema Cross (Central de Regulação e Oferta de Serviços de Saúde). Nesse modelo de funcionamento, os pacientes são encaminhados quando surgem vagas em outros hospitais, inclusive da capital, como foi o que aconteceu agora caso. "Cerca de cinco pacientes precisaram ser transferidos nos últimos dias", informou a pasta por meio de nota.

Nesta terça-feira (23), a rede hospitalar pública da cidade operava com 92% de capacidade, o que significa dizer que havia apenas cinco leitos vagos. Durante o fim de semana e na segunda, no entanto, quando aconteceram as transferências, a ocupação era total.

Para socorrer o sistema, a prefeitura disse que até sexta 10 novos leitos entram em operação, sendo que também há previsão de outros dez leitos também no Conjunto Hospitalar de Sorocaba.

Segundo informações da Secretaria de Saúde desta terça, Sorocaba registrou 97 mortes desde o início da pandemia. Os casos confirmados são 3.617, sendo que os internados são 94 e os que estão em recuperação em casa são 471. Os recuperados são 2.955.

    Veja Também

      Mostrar mais