mulher e criança abraçados e sorrindo
Arquivo familiar
Mirtes com filho Miguel, de cinco anos

A empregada doméstica Mirtes Renata Souza, mãe do menino Miguel, de 5 anos, que morreu após cair de um prédio de luxo no qual ela trabalhava na cidade do Recife, disse que amava os filhos da patroa, mulher que colocou Miguel no elevador antes da queda . “Uma criança inocente, que não tinha noção do perigo. A única coisa que ele queria era a mim”, afirmou em entrevista ao programa Encontro, da Rede Globo, na manhã desta sexta-feira (5).

Leia também: Caso Miguel: Doméstica consta como servidora em cidade onde patrão é prefeito

Mirtes contou que só viu as imagens da câmera de segurança do prédio depois do velório do filho, celebração à qual a patroa e o patrão compareceram. “Liguei para ela e disse ‘Sari, eu amo teus filhos como se fossem meus, o único momento que eu confiei meu filho a você você deixou ele nessa situação”, narrou. Segundo Mirtes, apesar de vídeos mostrarem a patroa apertando o botão de um andar superior, ela negou que tenha o feito.

Ao lembrar do amor que tinha pelos filhos da patroa, Mirtes contou uma história que ocorreu no dia anterior à morte de Miguel. Após ver a filha mais velha dos patrões chorando porque não podia ficar perto dos pais na sala, ela teria tentado uma série de artimanhas para distrair a criança.

Leia também: João Pedro: Testemunhas negam terem visto criminosos e confronto com a polícia

“Fui lá falar com a filha dela porque eu já estava com pena dela estar chorando daquela forma. Comecei a distrair ela, comecei a brincar de guerra de travesseiro com ela, peguei a colcha, joguei em cima dela. A gente brincava de susto… Ela se calou, ficou calma. Eu sempre tive paciência e ela não teve com meu filho”, disse. Sari Corte Real, patroa de Mirtes, foi indiciada por homicídio culposo (quando não há intenção de matar) e vai responder ao processo em liberdade após pagar fiança de R$ 20 mil.

“O caso do meu filho não vai ser esquecido, vai ser cumprido. A justiça vai ter que ser feita”, afirmou Mirtes, que se disse forte para poder garantir justiça pelo filho e a saúde da mãe, idosa, que também sofre com a perda do neto. Veja, abaixo, vídeo do momento em que mulher coloca criança no elevador.


    Veja Também

      Mostrar mais