o prefeito do rio de janeiro, marcello crivella
Fabiano Rocha / Agência O Globo
Crivella fala em seu Twitter de reabertura segura


A Prefeitura do Rio de Janeiro afirmou na noite de ontem, 23, em seu Twitter que reabertura da capital não tem data para acontecer. Segundo a postagem, a quarentena segue até que o comitê científico analise que retomada é segura.

Leia também: Após almoço com Bolsonaro, Crivella estuda reabertura no Rio "nos próximos dias"

Há algumas horas, o prefeito Marcello Crivella (Republicanos) chegou a encaminhar plano de retomada econômica. Essa semana o prefeito declarou, sem apresentar provas, que "a taxa de contágio está caindo" e que estava na hora da cidade do Rio reabrir .


Propostas sugeridas pela Associação de Hotéis do Rio (ABIH-RJ), instituições empresariais e civis da região da Barra da Tijuca pediram que reabertura gradual comece a partir de 1º de junho. Crivella , no entanto, afirmou que a prioridade é salvar vidas.

Leia também: Crivella defende uso da cloroquina e diz que o Rio já utiliza o medicamento

Em sua página no Twitter, ele informou que reabertura é planejada. “Estamos planejando também voltar as nossas atividades, claro que de maneira muito segura”, afirmou na rede social.


Entre as atividades que Crivella pretende retomar estão a reabertura de estabelecimentos alimentícios, como bares e restaurantes, que diminuam suas capacidades de atendimento.

O prefeito também se mostrou favorável ao retorno de campeonatos de futebol, mas com estádios vazios. Creches e escolas também devem voltar com ajuste de horários.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários