Ricardo COutinho
Junior Fernandes/Secom-PB
Ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, foi ameaçado por homem de 22 anos.

Um homem de 22 anos foi preso na cidade de Santa Cruz do Capibaribe, no Pernambuco, suspeito de tentar extorquir o ex-governador da Paraíba , Ricardo Coutinho (PSB), e ameaçar o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). A prisão do suspeito aconteceu no último dia 16, mas só foi divulgada hoje para não atrapalhar as investigações.

Leia também: Novo depoimento de Flordelis sobre morte do marido durou cerca de quatro horas

Prisão aconteceu durante operação conjunta entre as polícias da Paraíba, de Pernambuco e do Ministério da Justiça e Segurança Pública. De acordo com as autoridades, o suspeito exigia o pagamento de R$ 3 milhões para não assassinar o ex-governador

Segundo a polícia , o suspeito, que não teve a identidade revelada, teria enviado uma mensagem para Coutinho dizendo que havia sido contratado por uma organização para mata-lo, mas que, por R$ 3 milhões, ele não cumpriria a ordem. Ele teria enviado mensagens detalhando a rotina do ex-governador.

Durante a prisão do suspeito, a polícia encontrou mensagens no celular do preso com ameaças ao governador João Doria e ao ex-candidato à presidência João Amôedo (Novo). O aparelho foi apreendido e será submetido à perícia. 

Mesmo com a prisão, a polícia continuará investigando o caso para verificar se o suspeito fez outras vítimas. 

    Veja Também

      Mostrar mais