Carluxo
Reprodução
Carlos Bolsonaro faz manobra para restabelecer anúncio em página de fake news


O Banco do Brasil manteve publicidade em site acusado de veicular notícias falsas e de cunho racista. O banco havia retirado os anúncios do site após exposição pública do teor das publicações, mas decidiu manter a publicidade após críticas de Carlos Bolsonaro (Republicanos), que acusou a exposição do  site de censura contra a "mídia alternativa", geralmente alinhada aos interesses do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Leia também: Câmara aprova medidas de prevenção à violência doméstica durante a pandemia

O filho do vice-presidente Hamilton Mourão, Antônio Mourão, é responsável pela área de marketing do banco e decidiu restabelecer ainda na quarta-feira (20), dia da polêmica, a verba publicitária destinada ao site. Antônio considerou que excessivo o veto ao site por veiculação de conteúdo falso. O presidente do banco, Rubem Novaes, endossou a manuntenção dos anúncios na página.

    Veja Também

      Mostrar mais