João Dória selou paz em reunião com Bolsonaro
Agência Brasil
João Dória selou paz em reunião com Bolsonaro

Em coletiva nesta quinta-feira (21) o governador João Doria (PSDB) mostrou contentamento pela reunião marcada pela cordialidade ocorrida na manhã de hoje entre 25 governadores dos estados, o presidente Bolsonaro (sem partido), seus ministros e os presidentes da câmara e do senado, Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre. Segundo ele, foi uma reunião de sabedoria e de bom senso."Reunião histórica em um momento histórico", declarou.

Veja também: Bolsonaro promete aprovar socorro financeiro emergencial aos estados

"O sentimento de todos os governadores do Brasil é de união para enfrentarmos a crise, para salvarmos vidas e enfrentarmos o coronavírus. Na guerra, todos perdem. Principalmente os mais pobres e mais humildes", continuou.

A reunião tratou de discutir  ajuda financeira do governo federal aos estados frente à pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2). O presidente prometeu aprovar  projeto que libera socorro financeiro de R$ 60 bilhões a estados e municípios . No entanto, pediu o apoio consensual à manutenção de vetos ao projeto.

Leia mais: Cumprindo promessa de campanha, Bolsonaro inclui EBC em programa de privatização

"Se possível, [vamos] sair uma proposta aqui, por unanimidade, de nós, ao vetarmos quatro dispositivos - um que é de extrema importância, que esse veto venha a ser mantido por parte do Parlamento. E assim é que nós vamos construir a nossa política. Nos entendendo cada vez mais. Deixo claro nesse projeto que as progressões e as promoções vão continuar ocorrendo normalmente. Essas não serão atingidas por parte dos servidores públicos ", disse Bolsonaro.

    Veja Também

      Mostrar mais