TJGO ancorou-se na inclusão de academias como serviços essenciais
undefined
TJGO ancorou-se na inclusão de academias como serviços essenciais

O Tribunal de Justiça de Goiás decidiu permitir a abertura de academias esportivas no estado. Publicada pelo desembargador Gilberto Marques Filhos, a decisao se ancora, principalmente, na inclusão das academias na lista de atividades essenciais pela Presidência da República.

De acordo com o desembargador, que atendeu ao pedido feito pelo Sinpef (Sindicato dos Profissionais em Educação Física de Goiás) e o Sindac (Sindicato das Academias do Estado), "a atividade física é inconstestável aliada na manutenção e preservação da saúde ".

Leia mais: Autorização do uso de cloroquina pode causar pressão de paciente sobre médico

Apesar da liberação, que ocorreu em caráter provisório, o texto impõe medidas de segurança para o funcionamento do estabelecimento: a lotação máxima deve ser deve ser de 30% da capacidade total e todas as medidas de higiene devem ser obedecidas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários