Governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel
Eliane Carvalho
Governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel

Um documento da Secretaria de Saúde enviado ao governador do Rio de Janeiro , Wilson Witzel , nesta sexta-feira (8) sinaliza que há a necessidade da implantação de um lockdown (confinamento total) no estado. De acordo com o texto desse documento, 98% dos leitos de UTI estão ocupados.

Ainda segundo a Secretaria de Saúde, a sinalização foi feita com base no reconhecimento de que as previsões de ocupações dos hospitais estão baseadas em dados subnotificados e sem atualização.

As autoridades também dizem que mesmo com essas lacunas, a secretaria vê "a possibilidade de saturação do sistema de saúde" e afirmam que a taxa real de infecção no estado "é desconhecida". O motivo seria a falta de realização da testagem em massa da população.

Na segunda-feira (6), o Ministério Público do estado pediu que o governo carioca apresentasse um estudo sobre o tema. Na resposta, o governador afirma que considera o bloqueio de todas as estradas do estado e a proibição expressa da circulação de pessoas e veículos particulares nas cidades, exceto para atividades essenciais.

A análise da Secretaria de Saúde, no entanto, é mais dura do que a resposta que Witzel apresentou à Procuradoria. Segundo a pasta, desde o dia 2 de abril a taxa de crescimento diário de casos do novo coronavírus (Sars-CoV-2) caiu como efeito das medidas de isolamento social decretadas no estado.

    Veja Também

      Mostrar mais