Enfermeiros atendendo paciente
Yan Boechat
Ministério da Saúde prevê que o pico da Covid-19 pode ocorrer até junho

O Ministério da Saúde atualizou os dados sobre a pandemia da  Covid-19  no Brasil nesta quarta-feira (6). Agora, segundo a pasta, subiu para 8.536 o número de mortes pela doença, sendo 615 novos óbitos confirmados nas últimas 24 horas. Dessas 615 mortes, 140 foram registradas nos últimos três dias. A alta corresponde a um crescimento de 7,8%.

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, os novos casos confirmados de contaminação pelo  novo coronavírus  (Sars-CoV-2) no Brasil são 10.503, totalizando 125.218. O aumento foi de 9,2%. Já a taxa de letalidade foi de 6,9% para 6,8%.

No levantamento da pasta desta terça-feira, o número de óbitos era de 7.921, enquanto o de pessoas com a doença era de 114.715.

São Paulo continua sendo o estado que tem mais mortes, com 3.045 das 8.536 ocorrências. A letalidade é de 8% no estado. Em segundo lugar vem o Rio de Janeiro, com 1.205 mortes e letalidade de 9,1%.

Tabela de mortes e casos confirmados da Covid-19 de 6 de maio
Divulgação/Ministério da Saúde
Tabela de mortes e casos confirmados da Covid-19 de 6 de maio

No quadro de casos confirmados, São Paulo também lidera a lista. O estado tem 37.853 pessoas infectadas pelo coronavírus. Em segundo lugar vem o Rio de Janeiro, com 13.295 vítimas de contaminação, sendo seguido por Ceará (12.304), Pernambuco (9.881) e Amazonas (9.243).

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, há 1.643 óbitos em investigação, 65.312 pacientes com Covid-19 estão em acompanhamento e 51.370 estão recuperados.


    Veja Também

      Mostrar mais