Carreata
Reprodução/Governo de SP
Ideia foi homenagear profissionais que estão na luta contra o novo coronavírus

Neste sábado (2), profissionais da Saúde e da Segurança Pública foram homenageados pelo trabalho realizado no combate ao Covid-19 na cidade de São Paulo com uma carreata formada por integrantes de diversas instituições.

Leia também: Por apoio do centrão, Bolsonaro oferece cargos e ameaça ministro que não ajudar

Segundo informações do Governo do Estado de São Paulo , a carreata foi formada por viaturas das policias Militar, Civil e Técnico-Científica, Bombeiros, Defesa Civil e do Grau (Grupo de Resgate e Atenção às Urgências e Emergências) deu um “abraço solidário” no quadrilátero da Saúde, que compreende os hospitais das Clinicas, Emílio Ribas e dos Institutos do Câncer, do Coração e Infantil, além da Faculdade de Medicina da USP e do Instituto Adolfo Lutz.

Os carros seguiram pela Rua Major Natanael, virando à esquerda na Avenida Doutor Arnaldo e passando em frente ao Hospital Emílio Ribas. Na sequência, passaram pela Avenida Rebouças e entraram à direita na Avenida Doutor Enéas de Carvalho Aguiar, por onde foram até a rotatória em frente ao Instituto Central do Hospital das Clínicas.

Leia também: Enfermeiros protestam e são agredidos por apoiadores de Bolsonaro

A carreata voltou no sentido Avenida Rebouças e seguiu até a Rua Capote Valente e na sequência na rua Teodoro Sampaio, de onde voltaram para a Avenida Doutor Arnaldo, finalizando assim o abraço simbólico em homenagem aos profissionais que estão na linha de frente do combate à pandemia .

No trajeto, muitas pessoas aplaudiram a passagem dos carros e também aproveitaram para render homenagens aos funcionários dos hospitais, universidades e laboratórios que fazem parte do enfrentamento ao Covid-19.

    Veja Também

      Mostrar mais