Covid-19
Gustavo Basso
Ministério da Saúde aponta que casos que estavam em investigação foram registrados hoje

Após o registro do maior número de mortes por Covid-19 no Brasil, o Ministério da Saúde esclareceu que nem todos os 747 pacientes que vieram a óbito faleceram nas últimas 24 horas. As informações são do Secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira.

LEIA MAIS: Minas Gerais e Rio de Janeiro batem recorde de mortes em 24 horas

“É importante destacar que, nas últimas 24 horas, nós tivemos 185 óbitos registrados em São Paulo, 73 no Rio de Janeiro, 24 em Pernambuco, 19 no Ceará e 32 no Amazonas”, afirma Wanderson; o número soma 333 óbitos.

“No entanto, desdes 474 óbitos, 146 foram registrados nos últimos três dias. São óbitos recentes que estavam em investigação. Elas foram concluídas e os números atualizados”, afirma o secretário. 

Portanto, dos 474 óbitos registrados pelo Ministério da Saúde nas últimas 24 horas, 30% são dos dias anteriores. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários