Teste positivo para o novo coronavírus
Agência Brasil
Grupos de risco da Covid-19 são idosos e pessoas com comorbidades

O Brasil registrou mais 338 mortes causadas pelo  novo coronavírus  (Sars-CoV-2) nas últimas 24 horas, fazendo o total subir para 4.543, segundo balanço divulgado nesta segunda (27) pelo Ministério da Saúde. A alta corresponde a um crescimento de 8% e se torna o novo pico de óbitos registrados em um dia.

De acordo com a pasta, os novos casos confirmados de  Covid-19  são 4.613, totalizando 66.501. O aumento foi de 7,5%. Já a taxa de letalidade se manteve em 6,8%.

No levantamento do Ministério da Saúde de domingo, o número de óbitos era de 4.205, enquanto o de pessoas com a doença era de 61.888.

São Paulo continua sendo o estado que tem mais mortes, com 1.825 das 4.543 ocorrências. A letalidade é de 8,4% no estado. Em segundo lugar vem o Rio de Janeiro, com 677 mortes e letalidade de 8,5%.

Leia também: Manaus registra 140 enterros nas últimas 24h; antes da pandemia, média era de 30

No quadro de casos confirmados, São Paulo também lidera a lista. O estado tem 21.696 pessoas infectadas pelo coronavírus. Em segundo lugar vem o Rio de Janeiro, com 7.944 vítimas de contaminação, sendo seguido por Ceará (6.726), Pernambuco (5.358) e Amazonas (3.928).


    Veja Também

      Mostrar mais