Rio
Reproduçao TV Globo
Contêineres refrigerados instalados no pátio do Hospital Municipal Ronald Gazolla, no Rio de Janeiro


No Rio de Janeiro , contêineres refrigerados foram instalados em diversos hospitais da rede municipal para aumentar a capacidade de armazenagem de corpos dos necrotérios.

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio defende que a medida é preventiva para evitar que haja colapso dos necrotérios e para garatir suporte às demais unidades de saúde.

Leia também: Sepultamento em tempos de covid-19 exige mudança de rituais

Um dos hospitais referência no tratamento de Covid-19 no Rio de Janeiro, o Hospital Municipal Ronaldo Gazolla terá contêineres instalados para receber corpos de outras regiões da cidade, como das UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) da zona norte. Os corpos devem permanecer nos contêineres até que as famílias garantem os trâmites legais para o sepultamento

Não há informações disponíveis sobre a  capacidade de armazenagem de cada um dos contêineres. A TV Globo  captou imagens áreas que monstram os contêineres já instalados no hospital Ronaldo Gazolla.

Segundo a secretaria, os hospitais Souza Aguiar e Evandro Freire ultambém adotaram contêineres refrigerados para ampliarem a capacidade de seus necrotérios.

    Veja Também

      Mostrar mais