Mulher sentada lendo uma folha de papel em casa
Urilux/CreativeCommons
Isolamento tem como objetivo reduzir a proliferação do novo coronavírus

O estado de São Paulo manteve em 49% o indíce de isolamento social nesta sexta-feira (17), mostra o Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP) governo. De acordo com o Coordenador do Centro de Contingência do novo coronavírus (Sars-CoV-2) em São Paulo, o médico infectologista David Uip, a adesão ideal para controlar a disseminação da Covid-19 é de 70%.

O máximo já registrado foi de 59%, índice alcançado nos últimos três fins de semana. Com quase mil mortes confirmadas, São Paulo teve a quarentena ampliada ao menos até 10 de maio.

Leia também: Datafolha: 79% dos brasileiros defendem punição por violação de quarentena

A central de inteligência analisa os dados de telefonia móvel para indicar tendências de deslocamento e apontar a eficácia das medidas de isolamento social. Com isso, é possível apontar em quais regiões a adesão à quarentena é maior e em quais as campanhas de conscientização precisam ser intensificadas, inclusive com apoio das prefeituras.

No momento, há acesso a dados referentes a 104 cidades maiores de 70 mil habitantes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários