pessoas andam ao lado de ônibus na capital de São Paulo
Agência Brasil/Rovena Rosa
Em relação a 2019, linhas de ônibus em São Paulo tem recebido 70% menos passageiros


Segundo dados levantados pela SPTrans, o isolamento físico (novo termo utilizado pela  OMS para o isolamento social ) em decorrência do novo coronavírus reduziu o número de passageiros em ônibus de São Paulo. Em relação a 20 de março e 5 de abril de 2019, estima-se que 132,1 milhões de pessoas foram transportadas na capital. Este ano, no mesmo período, foram 37,2 milhões de passageiros, representando uma queda de 71,8%. 

SPTrans também realizou análise para identificar a diferença de fluxo em relação aos fins de semana. Em dias úteis no período de isolamento, são transportados em média 2,64 milhões de passageiros, enquanto no ano passado este número era de 8,93 milhões. Nos fins de semana, a média do período atualmente é de 1,37 milhão, 67,5% a menos do que em 2019.

Em relação às linhas de ônibus, o corte foi de apenas 13,33% de veículos na rua. No início do período mencionado, 1.306 linhas estavam em funcionamento. Atualmente, são 1.132. Os dados precisos em relação à frota em operação ainda estão sendo apurados.

    Veja Também

      Mostrar mais