Rondônia arrow-options
Reprodução
Governador de Rondônia, Marcos Rocha (PSL), afirmou que o caso será investigado

O governo de Rondônia anunciou que "várias" pessoas que participaram de uma festa que ficou conhecida como "Coronafest", em Rondônia, tiveram diagnóstico confirmado para o novo coronavírus. O comunicado foi feito pelo governador de Rondônia, Marcos Rocha (PSL), em uma rede social, e pelo secretário de Saúde do estado, Fernando Máximo. O governo vai investigar o caso.

Leia também: Covid-19: número real de infectados no Brasil pode ser até 15 vezes maior

A festa, que ficou conhecida como " Coronafest ", foi realizada em Porto Velho no dia 4 de abril. Desde o dia 20 de março, Rondônia está em estado de calamidade pública e eventos com mais de cinco pessoas estão proibidos.

Segundo o secretário de Saúde, vários casos de Covid-19 foram diagnosticados na segunda-feira. Após uma investigação dos casos, Máximo afirmou que as autoridades sanitárias identificaram que parte desses casos era composta por pessoas que haviam participado da chamada "Coronafest".

"Estou muito decepcionado. Pra não dizer revoltado. Hoje, identificamos vários casos positivos de coronavírus. Foi feita uma investigação e descobriu-se que essas pessoas estavam numa festa no dia 4 de abril. Não estavam trabalhando, querendo levar o pão para casa. Na verdade, estavam se divertindo e colocando a vida delas em risco e a sua vida, de quem está aí guardando a quarentena", afirmou o secretário.

Em sua página no Facebook, o governador Marcos Rocha, classificou a festa de "irresponsável".

"Várias pessoas que participaram desta festa irresponsável já são casos confirmados de contaminação", diz trecho de uma postagem feita por Rocha.

Máximo afirmou que o governo de Rondônia vai encaminhar  o caso para que a polícia investigue: "estamos encaminhando para investigação policial e possível responsabilização criminal de cada uma dessas pessoas que estiveram nessa festa", afirmou o secretário.

Leia também: Covid-19: China inicia teste clínico de duas vacinas em humanos; entenda riscos

De acordo com o último boletim epidemiológico sobre o novo coronavírus divulgado pelo Ministério da Saúde, Rondônia tem 42 casos confirmados da doença e dois mortos.

    Veja Também

      Mostrar mais