Foi com um jaleco no corpo e um estetoscópio pendurado nos ombros que o Cristo Redentor agradeceu e, ao mesmo tempo, homenageou os profissionais da saúde que atuam no combate ao novo coronavírus (Sars-Cov-2). A imagem foi possível através de imagens projetadas sobre o monumento. Um espetáculo de luzes que marcou o evento #FormouEsperança, realizado como forma de passar uma mensagem de otimismo para a população.

Leia também: Covid-19: Brasil tem 22.169 casos confirmados e 1.223 mortes

Cristo Redentor
Alexandre Cassiano / Agência O Globo
Cristo Redentor


Junto ao Cristo de jaleco médico, a palavra “obrigado” pôde ser lida em diversos idiomas. E este foi apenas um dos momentos do show de luzes. Sobre o monumento, ainda foi exibido um vídeo em que profissionais da saúde exibiam cartazes que formavam a frase “Nós estamos aqui. Fiquem em casa por nós”. Um apelo para que as pessoas atendam às recomendações de distanciamento feitas pelas autoridades.

As bandeiras dos países que registraram contaminações também “vestiram” o Cristo Redentor . A começar pela da China, onde foi diagnosticada a primeira pessoa com Covid-19. Hoje, 185 países apresentam pelo menos um infectado. Ao todo, já são 1,8 milhão de casos notificados em todo o planeta.

Você viu?

Leia também: Estado do Rio registra 2.855 casos e 170 mortes por novo coronavírus

Um desenho que simula os feitos por crianças, com a mensagem “Tudo vai ficar bem”, completou o espetáculo. O evento não foi aberto para o público.

Esta não é a primeira vez que o Cristo recebe um espetáculo deste tipo. Antes do surto chegar ao Brasil, o cartão postal já havia recebido uma projeção de apoio aos países que, até então, registravam casos de Covid-19 . Outros temas também já foram realizados no monumento, como o Outubro Rosa (campanha de prevenção ao câncer de mama).

Leia também: São Paulo tem 588 mortes e 8.755 infectados por Covid-19

Antes da projeção, o santuário foi palco da consagração ao Cristo e ao Brasil feita pelo Cardeal Orani João Tempesta, arcebispo o Rio. Ele pediu proteção para a crise do coronavírus, apelou para que as pessoas evitem sair de casa o máximo possível e orou pelos profissionais de saúde.

Mais cedo, o Padre Omar, reitor do Santuário Cristo Redentor , abençoou a cidade no domingo de Páscoa de dentro de um helicóptero.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários